Quinta-feira, 28 de Julho de 2011

eu natureza, tu flor

numa flor tudo é natureza,
o seu perfume, a sua cor,
mas vive na incerteza,
a incerteza da sua própria natureza,
e dependente do seu amor.

do amor entre a terra e a semente da flor,
cresce, ganha forma, é uma luz  encantada,
do amor entre tu e eu, nasceu o desejo de te ver,
de te sentir, de por mim seres amada.
tu és a flor, eu a natureza
para florires necessitas do meu amor,
mas vivemos na incerteza...

se um dia,
eu natureza, tu flor,
concretizarmos este amor,
será como um passarinho
encontrar o seu próprio ninho
e viver todo seu explendor.

escrito por carlos henriques às 21:00

link do post | comentar
1 comentário:
De MIGUXA a 3 de Setembro de 2011 às 21:45
Amigo,

Adorei!!!

Beijo com ternura
Margarida

Comentar post

sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011