Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

chamas de paixão

hoje vou cerrar os olhos entorpecidos
e vou fechar-me ao mundo,
vou aliviar a agonia e
desfalecer num sono profundo.

sinto punhais a rasgarem-me a alma,
espadas que me atravessam o ventre
com lanças que me atravessam o peito,
ficando neste estado inconsciente.

os meus olhos, tristes, já não vêm o sol,
a minha alma, sozinha, deambula na escuridão
e o meu corpo, retorcido, agonizado,
vai ardendo nas chamas da paixão.

sem destino nem rumo nas fortes ondas dos ventos,
onde se esfumam os meus sentimentos,
dilacerando assim para todo o sempre,
os meus tristes ais, suspiros e lamentos.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
1 comentário:
De MIGUXA a 17 de Maio de 2011 às 17:19
Carlos,

Lindo mas tão triste...
Abre o teu coração à vida e sê feliz.

Beijo com carinho
Margarida

Comentar post

sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011