Terça-feira, 22 de Março de 2011

quis deus que fosse assim

já não sei se te amo,
já não sei se te quero,
já não sei se te desejo,
só sei que me desespero
por viver nesta incerteza,
nesta espécie de castigo,
por ter o que não quero
e querer o que não consigo.

se sonho contigo entristeço,
se não sonho desvaneço,
se te tenho em meus braços disfarço,
se me foges dos braços… amordaço.

e sei que te amo
que sempre te amei
e sei que te quero
que sempre te quererei
e sei que te desejo
como sempre te desejei.

quis deus que fosse assim,
ter-te agora longe de mim
para desta forma dar valor
ao que é sofrer por amor.

e sei que te amo
mas não sei se te quero
sei que te desejo
de um desejar bruto e fero.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011