Quinta-feira, 24 de Março de 2011

ser poeta

triste sina ser poeta
triste fado viver diferente,
é viver num mundo imaginado
e estar sozinho rodeado de muita gente.

na mão do poeta está a alma
e as ideias nas pontas dos dedos
transcrever para a folha lisa e calma
a sua dor, o seu receio, os seus medos.

triste sina ser poeta
por companhia ter tormentos
e no papel encontrar a paz
de uma vida preenchida do nada,
plena de sofrimentos.

quisera eu ser poeta,
não ter por sina este viver,
viver no mundo real
mas viver... viver... viver...

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011