Terça-feira, 7 de Junho de 2011

o sonho não tem fim

sem receios, sem cansaços,
sem mágoas nem decepções,
a adormecer nos teus braços
sem tristezas nem frustrações.

sentado aqui junto a ti
onde o amanhã quero viver
onde o sonho não tem fim,
onde o ontem tem de morrer.

olhando dentro do teu olhar
onde o amor quer aparecer,
onde o silêncio parece falar,
onde a paixão insiste em viver.

caminhando a teu lado
apenas com um imenso sorriso,
sem presente e sem passado,
apenas com a visão do paraíso.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011