Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

és

és para mim, como o Sol
que me aquece a alma
mas não posso tocar.

és como o vento,
que me acaricia o rosto
mas desliza-me das mãos
sem te poder agarrar.

és como a chuva,
que me provoca arrepio
mas quando toca em meu corpo
não tenho frio.

és como o mar,
que quando me envolve
me desperta sensações,
mas, por breves ilusões.

és para mim, como as estrelas,
que iluminam o mundo
numa noite de luar,
iluminas a minha vida,
fazes-me acreditar.

és como a lua
que ouve os meus suspiros e lamentos
mas tudo isto são meus pensamentos.

és como milhões de coisas,
que me levam ao infinito
e me fazem acreditar
que o nosso amor pode (ainda) ser bonito.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 28 de Abril de 2011

acreditar no amor

vivo a vida por viver,
morro aos poucos por amor,
já não tenho mais ilusão
para acreditar no amor!

já não vivo no presente,
o futuro vai ser sem mim,
prefiro viver no passado
porque nele fui feliz, sim!

queria tanto entregar-me,
de alma e de coração,
só que não acredito no amor
nem tão pouco na paixão!!!

escrito por carlos henriques às 21:00

link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 18 de Abril de 2011

mas deixai-me ao menos chorar

esta estranha loucura é não teres acreditado
nos sentimentos meus.
esta estranha loucura é teres ido embora
sem me dizer adeus.

esta estranha loucura é todo o (meu) desespero
que trago dentro de mim.
esta estranha loucura é o castigo que tenho
por te querer tanto assim.

esta estranha loucura é por te amar tanto
como ninguém o fez.
esta estranha loucura é gostar com ternura
apesar do que tu me fez.

esta estranha loucura é saber que foste embora
para não mais voltar.
esta estranha loucura e não é pedir muito
mas deixai-me ao menos chorar.

escrito por carlos henriques às 22:00

link do post | comentar
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

foi o fim do sonho sonhado

esta noite sonhei contigo.
sonhei que te encontrei,
que o mero acaso da vida nos cruzou
e o nosso olhar se prendeu. Gelou.
depois os nossos olhos fecharam,
abriram,e nesse instante
o gelo quebrou.

sonhei que nos abraçamos,
que senti o teu corpo junto ao meu,
e nesse preciso momento,
com o calor de dois corpos,
o gelo derreteu.

sonhei que me amavas,
que o teu desejo era igual ao meu,
que trocamos beijos e caricias
e um forte abraço me prendeu.

sonhei que tinha sonhado,
e nesse sonho inacabado
tu ainda estavas lá, a meu lado.

acordei. despertei.
foi o fim do sonho sonhado.
olhei a realidade.
estava sozinho.
a meu lado só o sonho.
acabado.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

aqui de tão longe

aqui, de tão longe, consigo recordar
recordo com saudade
esses olhos plenos de luz
esse sorriso que me faz perder de amor
e choro com vontade de te ter.

necessito do teu sentido de vida,
como um pássaro das asas para voar
como uma árvore da linfa para viver
como um recém-nascido,
do amor de sua mãe para crescer.

aqui de tão longe
consigo ver-te
e no entanto, não é ilusão...
pois, apesar de estares distante,
estarás sempre no meu coração.

escrito por carlos henriques às 21:00

link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

pensar assim

não me assusta sentir
que ainda há quem goste de mim,
só não quero é magoar-me
e nem ver ninguém sofrer por mim.

outras já tentaram conquistar-me,
por ventura não resultou
tenho os meus sentimentos abalados
e meu coração... congelou.

ainda tenho um grande amor
e ainda vive dentro de mim
pois é esta grande paixão
que me faz pensar assim.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

meu amor por ti não morreu

recordo teu doce sorriso
tuas palavras delicadas
nossos corpos se amavam
naquelas longas madrugadas.

tornei-me escravo da tua carne
de tanto nossos corpos se amar
foram muitas as noites de prazer
que meu corpo arde só em pensar.

quero novamente ouvir tua voz
sentir o gosto do teu beijo
vontade inquieta em penetrar-te
é este o meu louco desejo.

tenho vontade de estar a teu lado
de sentir teu corpo colado ao meu
pois ainda tenho teu perfume
e meu amor por ti não morreu.

escrito por carlos henriques às 21:00

link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

um amor verdadeiro

necessito encontrar alguém
que me dê muito amor
que me ame tanto, tanto
e que apague esta dor.

um amor que me faça esquecer,
os caminhos minados que percorri,
pois fui mutilado no amor
e apesar de tudo, sobrevivi.

procuro um amor verdadeiro
mas mentir-me não pode
meu coração ainda é dor
mas minha alma é nobre.

quero que me ame muito,
na riqueza e na pobreza
darei muito carinho e amor
e farei dela uma princesa.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

sonho lindo

colhi todas as flores
e as mais belas escolhi
são para ti meu amor
és a mais linda que já vi.

na água deito as flores
para o teu banho perfumado
são flores que colhi
num jardim abandonado

são iguais ás que te dei
no dia em que te conheci
quando eu te declarei
o meu amor por ti

este sonho lindo sonhei
não queria mais acordar
uma tristeza me invadiu
por tu a meu lado não estar.

escrito por carlos henriques às 22:00

link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 2 de Abril de 2011

terno amor

ao longo dos anos
da minha vida procurei,
um amor que fosse eterno,
mas nunca o encontrei.

pensei que eras tu,
afinal tinha-me enganado
porque se fosses tu,
não me tinhas deixado.

não desisto de procurar,
porque sei que existe
apesar de não seres tu,
este coração persiste.

amor eterno, terno amor,
no meio de tanta gente,
vou continuar a procurar,
quero um amor para sempre.

escrito por carlos henriques às 09:00

link do post | comentar
sentimentos sentidos

o autor

arquivos

Maio 2015

Fevereiro 2014

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011